Clube Dores

Pequeñas Fridas:

Publicada em 10 de março de 2016.

A Comissão do Carnaval dorense dedica muito esforço e amor na organização de todos os aspectos da folia. Apesar do empenho geral, há um carinho especial pela corte infantil, o Xameguinho. Ao longo das duas tardes de baile, comandadas pela Rainha do Carnaval infantil, Gabriella Ruviaro de Lima, as pequenas dorenses mostraram que o Dores é lugar de gente alegre e feliz.

Neste ano, o tema do carnaval dorense foi baseado nas festas mexicanas. O Xameguinho fez sua parte, encarnando uma das maiores figuras da cultura daquele país, a pintora Frida Kahlo. Segundo uma das responsáveis pelo grupo, Clebiana Lima, energia e fantasia casaram perfeitamente, resultando em um baile muito especial.

Para as coordenadoras, Clebiana Lima, Gisele Negrini e Fabiana Ávila, o único quesito a deixar alguma insatisfação foi a impossibilidade de atender todos os interessados. Em novembro, o figurinista do bloco, Alisson Fernandez, viajou para São Paulo, a fim de comprar tecidos e materiais para confeccionar todas as fantasias. Segundo Clebiana, nesta época, foi estipulada uma meta de 30 participantes. “Com a função de entrar mais, ele [Alisson, o figurinista] sempre traz uma quebrinha a mais de tecido. Mas a gente chegou ao ponto dele dizer ‘chega, não tem mais tecido, não tem mais material para fazer’. E aí nós tivemos que, infelizmente, deixar umas dez crianças ficarem de fora”, lamenta.

Partindo da meta inicial de 30, o Xameguinho entrou no salão com 45 integrantes. Destes, 34 eram meninas de 5 a 10 anos e 10 eram meninas de 11 a 13 – o Xamego Teen. Os mais atentos aos números perceberão a falta de uma pessoa na soma. Miguel Ruviaro de Lima, de seis anos, fez uma participação “experimental” de retorno dos meninos ao Xameguinho, como acontecia há alguns anos.

Uma corte muito bem ensaiada

Os ensaios do Xameguinho começaram com duas semanas de antecipação ao carnaval. Iniciando no dia 25 de janeiro, uma rotina de preparação foi comandada por Fabiana Ávila. De segunda a sexta-feira, os integrantes da corte ensaiaram sua coreografia das 20h às 21h30min. Dedicação esta que seria impossível sem a ajuda dos pais, grandes parceiros no sucesso dessa empreitada.

No dia 4 de fevereiro, foi feito o encerramento da preparação. O ensaio final foi transferido do salão Antares para o Nobre, para que todos pudessem ter uma noção real do espaço em que se apresentariam. Ao final do ensaio, como um prelúdio da folia que começaria, a corte infantil celebrou.

Nos dias de baile, a dedicação da garotada frutificou em uma festa inesquecível. Sempre junto aos foliões, a corte infantil pulou, brincou e relembrou a todos os presentes que “os grandes carnavais” não existem apenas no território da memória.

Clique nos links para acessar as fotos das noites de Carnaval no Clube Recreativo Dores.

Carnaval Adulto (06-02) / Carnaval Infantil (07-02) / Carnaval Infantil (08-02) /

Carnaval Adulto (08-02) / Carnaval Infantil (09-02)


Por Guilherme Benaduce
Jornalista

Clube Dores
© 2014 CLUBE DORES   |   Todos os direitos reservados
Site produzido pela Netface