Clube Dores

As obras não param no Clube Dores

Publicada em 01 de junho de 2016.

Em 2016, o foco das equipes de obras do clube recreativo dores será deixar todos os setores das sedes em dia, com novas construções e reformas. Veja como está o andamento de cada uma dessas iniciativas.

Sede Campestre

Reforma da cozinha do restaurante do lago
No final do mês de abril, foram concluídas as reformas da cozinha do Bar do Lago. O intuito foi resolver os problemas de escoamento do calor, gerado ao preparar lanches no local.

Originalmente, fogões e fritadeiras estavam espalhados pelo espaço da cozinha, enquanto as antigas coifas estavam concentradas em um ponto. O resultado era a concentração do calor pelo ambiente.

Com a reforma, todos os utensílios geradores de calor foram concentrados em apenas uma parte do aposento. Ao mesmo tempo, as coifas foram trocadas por outras novas, de aço inox, mais eficientes.

Reforma do restaurante do lago
Além da reforma na cozinha, pequenos ajustes estão sendo feitos em todo o restaurante do lago. Entre as medidas menos visíveis estão a adequação do piso e das lâmpadas. A primeira é o conserto e troca de partes do piso com defeitos e rachaduras. A segunda medida consiste em uma otimização da posição das lâmpadas, de forma que o espaço fique melhor iluminado.
A parte mais clara ao associado será o reposicionamento dos refrigeradores, para facilitar a circulação. Junto à recolocação dos aparelhos refrigeradores, alguns cabos de força, que ficavam à vista, serão adequados, saindo do caminho dos associados.

Tirolesa
Ao longo do último mês, os associados desfrutaram das primeiras experiências radicais da história do Clube Dores, com o rapel. Na metade do mês de abril, o lago da Sede Campestre teve seu nível baixado vários metros para que a próxima atração – a tirolesa – começasse a ser instalada.

No total, serão 406 metros de descida, em linha reta. O trajeto iniciará no topo da torre A do Dores Praia Park e terminará em uma espécie de pier, na extremidade do lago mais distante do parque temático.

O mestre de obras do Clube Dores, Querivelto Reis, conta que, ao longo dos últimos meses estudou tirolesas de todos os tamanhos e posições possíveis e imagináveis. Quanto ao quesito segurança, o dorense garante não haver qualquer perigo em relação à instalação. "O cabo é de mais de uma polegada (de espessura). Nem chega a sentir o peso de uma pessoa", explica.

Bar 7
Em clima de pequenas reformas há algum tempo, o Bar 7 está de cara nova. Tanto interior quanto exterior receberam uma pintura novinha, deixando tudo "zerinho, zerinho". A iluminação no interior do espaço também ganhou um belo upgrade – lâmpadas de LED, mais potentes e mais econômicas que as incandescentes e fluorescentes, foram colocadas por todo o local. Fechando a reforma de um dos espaços mais queridos dos grupos dorenses, a churrasqueira foi reconstruída. Ficou bonito de ver.

Refúgio dos boleiros
O espaço preferido dos boleiros do futebol 11 foi um dos contemplados nas reformas. No mês de março. o estacionamento do recanto foi refeito do zero. Em abril, a pintura do local foi colocada em dia. Agora é só juntar a turma e bater aquela bolinha!

Recanto da bocha
Quem passou pelo Recanto da Bocha por volta do dia 15 de abril encontrou o local quase como um formigueiro. Os colaboradores dorenses reformaram toda a calçada ao redor do edifício. Além disso, a pintura do recanto foi refeita interna e externamente.

Novos recantos
O novo espaço para festas de grupos está tomando forma. O espaço, de 300 m², será dividido em quatro salões, cada um com churrasqueira e sanitários próprios.

Reforma das churrasqueiras
Além das novas churrasqueiras cobertas, as churrasqueiras ao ar livre estão recebendo uma bela repaginada. Entre as mudanças, algumas mesas estão sendo remoldadas para acomodar até oito pessoas, onde o limite seriam seis.

Clube Dores
© 2014 CLUBE DORES   |   Todos os direitos reservados
Site produzido pela Netface