Clube Dores

Obras em andamento no Clube

Publicada em 01 de agosto de 2016.

Em 2016, o foco das equipes de obras do clube recreativo dores será deixar todos os setores das sedes em dia, com novas construções e reformas. Veja como está o andamento de cada uma dessas iniciativas.

Confira as fotos das obras abaixo.


Dores Praia Park
ESCADAS

Após o final da temporada de verão, percebeu-se um certo desgaste na tematização do Dores Praia Park. As escadas e caminhos, em especial, sofreram com o atrito de milhares e milhares de pés, somados à corrosão da tinta, naturalmente causada pelo cloro da água das piscinas. Por isso, a equipe de obras do Clube Dores botou mãos à obra e começou o trabalho de revitalização.

TEMATIZAÇÕES

Além da revitalização dos pontos desgastados, novas áreas do Dores Praia Park receberam tematização. Veja alguns exemplos.


 

Sede Campestre
TIROLESA

A obra da tirolesa está em ritmo acelerado. Ao longo do mês de junho, foram feitas as marcações e preparações para permitir a colocação das estacas, que farão a ancoragem dos cabos e sustentarão a estrutura do deck flutuante.
No final do mês, após o fechamento desta edição, foram colocadas oito estacas. As do talude ancorarão os cabos da tirolesa, as do nível da rua suportarão o pórtico de redesviamento dos cabos e as do lago sustentarão o deck.
Apesar de flutuar sobre tonéis, o deck precisa ficar ancorado para não se soltar. Já pensou passear de pedalinho no lago e se deparar com o deck boiando por aí?

CHURRASQUEIRAS

Ao longo dos dois últimos meses, uma das atividades mais visíveis da equipe de obras da Sede Campestre foi a construção das novas mesas e churrasqueiras. Ao todo, 35 novas mesas foram colocadas ao longo da rua ao lado do Bar 7 e do Refúgio da Bocha.

CHURRASQUEIRAS COBERTAS

Já sentiu o aroma da carne assando e o som da gordura chiando no fogo? Pois o assunto do churrasco continua. As churrasqueiras cobertas, localizadas atrás das quadras de grama sintética, estão com a alvenaria praticamente pronta, faltando erguer apenas um terço das chaminés.
Para a próxima etapa, já estão sendo produzidas as estruturas metálicas no próprio canteiro. Além disso, está sendo feito o reboco do prédio.

PLACAS E LOCALIZAÇÃO

Já sentiu o aroma da carne assando e o som da gordura chiando no fogo? Pois o assunto do churrasco continua. As churrasqueiras cobertas, localizadas atrás das quadras de grama sintética, estão com a alvenaria praticamente pronta, faltando erguer apenas um terço das chaminés.
Para a próxima etapa, já estão sendo produzidas as estruturas metálicas no próprio canteiro. Além disso, está sendo feito o reboco do prédio.

PEDRA DA TARTARUGA

Aproveitando que o nível do lago está baixo, para a construção da tirolesa, por que não extrapolar os limites do Dores Praia Park com a tematização? A resposta para essa pergunta foi a criação da "Pedra da Tartaruga", que fica quase em frente ao palco da Sede Campestre.

CANCHAS DE BOCHA

As canchas de bocha da Sede Campestre estão prontas para receber os bochófilos de plantão. Ao longo do último mês, as canchas receberam um novo piso de alta tecnologia – encarpetado, coberto com areia fina. Como ninguém merece jogar no escuro, foram instaladas lâmpadas de LED em todo o espaço. Além de proporcionarem uma iluminação melhor, as lâmpadas são mais econômicas que as antigas. Completando os trabalhos, as telhas da cancha foram trocadas.

PRACINHA

O trabalho de revitalização da pracinha, entre o labirinto e a Lojinha, já começou. O projeto ainda está em fase de elaboração, pela empresa A3 Arquitetas, mas os colaboradores dorenses já estão trabalhando em alguns pontos, como correções nos locais onde o reboco dos muros cedeu.

LOJINHA

A revitalização da Sede Campestre está avançando quase como uma onda. Começou no Refúgio dos Boleiros, avançou para o Refúgio da Bocha e o Bar 7 e, em junho, foi a vez da Lojinha. Nos trabalhos para deixar o espaço novo em folha, foram trocadas as telhas defeituosas e feitas as pinturas interna, externa, das portas e das janelas. Com a finalização da revitalização do prédio, o próximo local a receber a atenção da equipe de obras será o Restaurante do Lago.

HORTO

Apesar de distante dos olhos dos associados, o horto é uma parte fundamental para o  bom funcionamento da Sede Campestre. Nos últimos meses, o setor ganhou um orquidário (à esquerda), uma nova caixa de água de dez mil litros (à direita), cuja estrutura foi toda construída no Clube, com material reaproveitado da obra do Dores Praia Park. Para maior comodidade do colaborador, um sanitário com chuveiro está em fase de construção (abaixo).

QUADRAS DE FUTEBOL

Para deixar o espaço em dia para o tradicional futebolzinho dos associados, o Clube Dores deu uma atenção toda especial aos campos da Sede Campestre. No campo 1, logo ao lado do Bar 7, a grama foi recuperada (nas fotos à esquerda e abaixo, a revitalização estava em andamento). Além do gramado, todas as telas estão sendo arrumadas. A melhoria será aplicada tanto nas quadras de gramado natural quanto nas de grama sintética (à direita, acima).

QUADRAS DE VÔLEI

Nas quadras de vôlei (à direita, abaixo), logo acima das de futebol, a troca das telas será feita logo no início de julho. E não precisa se preocupar com grade nova furando as "pelotas", pois entortar as pontas para fora é procedimento padrão! Ainda na parte do vôlei, as arquibancadas receberam uma nova pintura, deixando-as branquinhas, como se fossem novas.


Sede Central
MANUTENÇÃO DAS PISCINAS

Ao longo do mês de junho, as piscinas externas da Sede Central receberam os trabalhos da equipe de manutenção. A primeira parte do processo consistiu em uma significativa higienização. Logo em seguida, iniciaram os trabalhos de troca dos azulejos defeituosos, arrumação do rejunte das piscinas (tanto no fundo quanto nas laterais), das pedras caxambu e das pastilhas azuis, finalizando com a pintura das grades.

SALA DO ALMOXARIFADO

Na edição passada da Dorense em Revista, mostramos o início das obras da sala do almoxarifado. Desde a metade de junho, o espaço está pronto. A revitalização incluiu: forro de gesso, novas portas e janelas de madeira, novos móveis e ar condicionado.

ABRIGO PARA CLORO

Por ser um material insalubre, os órgãos oficiais exigem que o cloro seja guardado em locais cobertos. Os tonéis guardados pelo clube, além de ficarem longe do alcance do público, atrás do prédio do centro aquático, ficarão em um abrigo fechado.

ESCADAS DO SALÃO NOBRE

A obra da escadaria de emergência do Salão Nobre da Sede Central foi concluída. Ao longo do último mês, diversos ajustes foram feitos. No topo, pode ser observado o andamento geral da obra, no dia 20 (a conclusão, de fato, foi depois do fechamento da revista), além da pintura do corrimão e a colocação das portas. Na coluna à esquerda, de cima para baixo: o espaço do canteiro, no qual será feito o ajardinamento; a área em frente ao hall de entrada, já pronta e liberada; o local onde será instalado o novo portão eletrônico, que segue até o Galpão Crioulo. Na direita, acima: corrimãos pintados, janela colocada, instalação elétrica completa e luzes inversoras de emergência (o ponto vermelho ao lado da lâmpada). Abaixo, o portal de entrada, que será reformado assim que o espaço do canteiro de obras for liberado.
No final do mês, o Clube Dores enviou um Fact (Formulário de Atendimento e Consulta Técnica) ao Corpo de Bombeiros, solicitando uma vistoria. Estima-se que, inicialmente, a capacidade do Salão Nobre seja elevada para 2.200 pessoas.

Clube Dores
© 2014 CLUBE DORES   |   Todos os direitos reservados
Site produzido pela Netface