Clube Dores

Bem mais do que um rostinho bonito

Publicada em 03 de novembro de 2016.

Em um sábado de sol, a família toda se reúne na Sede Campestre do Clube Dores. A criançada brinca pelo gramado, quando a movimentação no palco desperta sua atenção. Começa o ensaio do tradicional concurso dorense Rainha do Sol. Por um instante, sem perceber, a menina esquece a brincadeira e sua atenção se prende ao que acontece no palco. Ela se imagina sendo uma, entre tantas meninas bonitas, cheias de atitude. Nesse momento, se descobre um pouco menos menina e um pouco mais mulher. Esse é o momento em que se apresenta o dilema: participar ou não? Em 2010, Eduarda Maximowitz Palma, com 8 anos, escolheu a negativa.

Eduarda sempre frequentou assiduamente o Dores com a família. Desde bem pequena, assistia o Garota do Sol e sonhava em participar. Entretanto, a vergonha de subir na passarela era mais forte que a vontade. No ano de 2010, a dorense recebeu a oferta de ajuda de uma agência de modelos da cidade para participar do concurso, mas declinou. "Era muito envergonhada na época", confessa Eduarda.

No verão seguinte, a dorense tomou coragem e venceu suas barreiras internas. Eduarda reuniu toda a coragem que dispunha, subiu à passarela do Garota do Sol e desfilou com alegria. Como resultado, ficou em segundo lugar na categoria infantil. Feliz, mas não satisfeita, a menina voltou ao concurso em 2012 e, dessa vez, foi a vencedora da categoria infantil. "A partir daí, abriram as portas dos concursos regionais e estaduais", conta.
Entre as grandes vitórias do currículo de Eduarda, constam os concursos Rainha das Piscinas e Miss Santa Maria, ambos representando o Clube Dores. No último, a associada conquistou o direito de disputar o Miss Rio Grande do Sul, realizado neste mês de setembro.

Miss Rio Grande do Sul
A preparação de Eduarda Palma para sua mais recente participação em concursos começou há meses, pois seria um páreo duro. Buscando se manter em forma para o Miss Rio Grande do Sul, a rotina da dorense inclui academia, voleibol e muita dança, além da alimentação, o que ela considera o mais penoso.

Nos dias 9 e 10, a jovem viajou para Torres e, logo na chegada, percebeu que precisaria suar para ir bem. "É bastante intenso, tu fica bem nervosa, por causa das concorrentes. A gente chega lá e já tem entrevista, que é um passo bem complicado", explica. Apesar da pressão, Eduarda fez da dificuldade sua força e, logo no início, na entrevista, respondeu com tranquilidade aos questionamentos dos jurados. Em especial, falou de responsabilidade social: "Expliquei que eu faria projetos sociais em relação às pessoas com deficiência".

O próximo passo foi o show de talentos, no qual a dorense, por indicação de sua professora de dança, optou por apresentar um tango. "Achei bonito de dançar e resolvi adotar o estilo. Geralmente, quando vão para o concurso, escolhem samba, cantar, alguma dança assim, e tango eu achei que era mais diferente para apresentar", comenta. Confortável sobre o palco, uma vez que já dançou muitos estilos, a associada faz uma avaliação sem falsa modéstia: "Foi muito bom, não fiquei nervosa, nem nada... Foi um momento bem bom, sabe? É dança, eu tô acostumada com isso". Confiante, Eduarda tem motivos para pensar assim, pois sua dança foi considerada a melhor apresentação do show de talentos em sua categoria.

O concurso foi completado com dois desfiles, um em trajes de banho e outro em trajes de gala. Sendo que, no segundo, Eduarda voltou a ser a melhor entre as concorrentes do infanto juvenil. Quando o resultado final foi anunciado, Eduarda garante que ficou surpresa – foi eleita Miss Rio Grande do Sul, conquistando a vaga para o Miss Brasil.
Superada de vez a timidez, Eduarda Palma faz questão de oferecer seu exemplo a cada uma das meninas dorenses que se encontram na mesma situação em que ela estava, no Garota do Sol 2010. "Diria pra elas nunca desistirem, se elas têm essa vontade de concorrer, se elas tem esse sonho, porque eu não desisti, venci a vergonha e fui para as passarelas. Acredito que elas devem fazer o mesmo", enfatiza.

Clube Dores
© 2014 CLUBE DORES   |   Todos os direitos reservados
Site produzido pela Netface