Clube Dores

Conheça as novas gerentes do Clube Dores

Publicada em 22 de fevereiro de 2017.

Com a aposentadoria do antigo gerente do Departamento de Pessoal, o Clube Dores precisou de alguém a altura da função para que a sucessão ocoresse sem transtornos. Dessa forma, a escolha natural foi a funcionária Elisandra Carvalho, que já soma mais de 12 anos de Clube, apenas no setor de gestão de pessoal.

Como gerente de Recursos Humanos, Elisandra tem em mãos um dos papéis mais importantes no "meio de campo" entre o Clube e seus funcionários. Estão sob seu encargo a supervisão de todas as atividades que envolvem funcionários e estagiários da empresa, controle de ponto, admissão, rescisão, férias, folha de pagamento, impostos mensais e anuais, benefícios, convênios, processos trabalhistas, contato direto com demais gerentes e administração do Clube, no que diz respeito ao corpo funcional e demais rotinas e atividades inerentes ao setor.

A lista de responsabilidades é grande, mas a gerente, com formação em Administração, conta com um importante reforço. Na parte operacional, Elisandra é auxiliada pelas profissionais Adriana Müller e Patrícia Coelho, além da psicóloga do Clube Dores, Maria Cecília Vesenick, e do técnico em Segurança do Trabalho, Rodrigo Cezar Silva.

Uma longa temporada de verão
Apesar de seus anos no Departamento de Pessoal, Elisandra começou como funcionária temporária durante o verão de 2003/2004. A vaga era para atendente da copa da Sede Campestre, no tempo em que a lancheria ainda não havia sido terceirizada.

Seis meses depois de entrar no Clube, a funcionária foi realocada para a Secretaria. Ela permaneceu mais quatro meses como auxiliar de escritório, até que foi integrada ao Departamento de Pessoal. De lá, Elisandra nunca mais saiu. "Foi a temporada de verão mais longa da minha vida, perdura até hoje", brinca.

Crescendo com o Clube
A experiência profissional adquirida no Clube Dores é longa, garante Elisandra. O Dores foi a empresa que lhe proporcionou seu primeiro emprego e, de lá para cá, ela aprendeu muito.
Com a nova função, Elisandra afirma que é mais uma chance de continuar colaborando com o crescimento do Dores. "Pertencemos a um quadro funcional com mais de 400 colaboradores, saber que você faz a diferença e obter o reconhecimento disso, é gratificante!", conclui.

Uma nova gerente para um novo setor financeiro
Inicialmente, pode soar estranho falar que uma empresa do porte do Clube Dores não possuía um Setor Financeiro até 2017. Na realidade, ele apenas não era independente, mas vinculado diretamente à Diretoria Administrativa.

Com a criação do Financeiro, uma das primeiras providências foi escolher a responsável pela gerência.Responsabilidade, conhecimento técnico e, principalmente, saber como o Clube Dores funciona foram algumas das preocupações. Assim, no início de janeiro, a funcionária – agora gerente – Michele Gendelsky assumiu.

Gratificação e reconhecimento
Há quase quatro anos no Clube Dores, Michele já trabalhava com a parte financeira. Mesmo sabendo como tudo funcionava, ela não deixou de se surpreender com o convite para a nova função.

"Foi uma surpresa para mim e, ao mesmo tempo, foi uma gratificação... de saber que meu trabalho foi reconhecido", explica a gerente. Para Michele, assumir o financeiro do Clube é uma certeza de confiança.

Um trabalho com respaldo
Mesmo que uma grande parte da responsabilidade pelo setor recaia sobre os ombros da gerência, todo o trabalho é feito em equipe. Marcelo Oliveira é responsável pelo contas a pagar, Antoninho Londero responde pela tesouraria, Maria de Oliveira cuida da parte de cheques e centro de custos, Anelise Ebling e Jéssica Schmidt trabalham diretamente com Michelle, no fechamento de todas as contas, e, fechando a equipe, está a estagiária Marina Teikowski.

Michele destacou a importância de saber que o setor está cem por cento organizado: "Hoje o nosso financeiro está redondinho e pode caminhar sozinho". Apesar disso, ela ressalta – o Setor Financeiro ainda é parte da grande equipe que é o Clube Recreativo Dores. Além do respaldo da auditoria e da contabilidade, o setor continua muito próximo à Diretoria Executiva, em especial do administrador do Clube, Carlos Londero. Sendo assim, a gerente não tem dúvidas quanto ao futuro do Setor Financeiro – segurança e sucesso.

Clube Dores
© 2014 CLUBE DORES   |   Todos os direitos reservados
Site produzido pela Netface