Clube Dores

Recantos para celebrar e fazer novas amizades

Publicada em 28 de junho de 2017.

Na noite de 28 de abril, o Clube Recreativo Dores inaugurou mais um espaço para seus associados — o Recanto da Amizade. A apresentação do local foi feita de forma oficial em uma confraternização que contou com a presença do presidente executivo, Ademir Pozzobon, o presidente do Conselho Deliberativo, Valnei Vieira, o vice-presidente de Obras, Olavo Antoniazzi, e diversos outros integrantes da diretoria.

Confira a galeria de imagens da inauguração clicando aqui.

O edifício, planejado pelo antigo engenheiro do Clube, Mariano Ravanello, e executado pelo atual, Maurício Berleze, conta com quatro salões individuais. Cada recinto possui acomodação para 32 pessoas e oferece uma série de comodidades.
Durante a cerimônia, o presidente executivo afirmou que o espaço visa atender à demanda dos mais de 130 grupos de associados cadastrados junto ao Clube. "É um espaço para conviver e promover as amizades", explicou Pozzobon.
Conforme o vice-presidente de obras, os novos recantos compartilham a parte externa, bem como o corredor interno e os sanitários para estimular a convivência. Olavo Antoniazzi explica que, no momento em que os dorenses se cruzarem no corredor, quando as crianças se reunirem para brincar, novas amizades serão formadas. "Nós já pensamos nisso como um canto para que os associados criem novas amizades. [..] Que procurem fazer mais amigos", resume.

RECANTOS PARA APROXIMAR
O Recanto da Amizade é um espaço que veio a somar com os demais, para aproximar as famíliam ao fazerem seus churrascos, suas confraternizações. Essa é a opinião de Marcos Lorenzo Maciel, supervisor da Sede Campestre. Além de somar, no conjunto geral dos espaços oferecidos pelo Clube Dores, o Recanto da Amizade favorece ainda mais a integração entre os associados. "Nós vamos ter quatro recantos, ao mesmo tempo, agendados pelos associados, que vai aproximar essas famílias, que, embora não se conheçam, vão se cruzar no corredor interno", ilustra.

Marcos aposta nas crianças como os principais agentes de integração. "Elas vão brincar aqui fora, na área externa, e vão ter um convívio. Talvez aí surjam novas amizades, através nesse convívio inicial", explica. Para o supervisor, cultivar a amizade e os laços de família através da recreação e do esporte é um objetivo permanente do Dores e os novos espaços são um reflexo disso.

UM ESPAÇO DE QUALIDADE DIFERENCIADA
O primeiro passar de olhos sobre o espaço dos quatro salões do Recanto da Amizade mostra um pouco do legado do Dores Praia Park — o Clube Recreativo Dores está ainda mais exigente com aquilo que faz. Cada detalhe da arquitetura do prédio, bem como a estrutura interna, repleta de conforto, apontam que o Clube possui espaços de qualidade diferenciada.
Segundo o engenheiro responsável pela execução da obra, Maurício Berleze, se buscou criar ambientes que pudessem ser usados tanto no inverno quanto no verão. Os alpendres (marquises), continua o engenheiro, são um bom exemplo, pois são uma área agradável e compartilhada entre os quatro salões.

Maurício destaca que tudo foi feito no padrão do Clube. "Luminárias, portas de madeira, forro em gesso. Foram colocadas TVs com pay-per-view... uma das coisas que mais me chamou a atenção foram as churrasqueiras rotatórias [...] é uma loucura uma churrasqueira dessas ali", pondera. Para o engenheiro, não era necessário que tudo fosse feito exatamente como foi. As soleiras em mármore, exemplifica, não eram indispensáveis, mas fazem parte do estilo arquitetônico do Clube — "demonstra um apuro estético".


UM PADRÃO DORENSE, UM PADRÃO DE EXCELÊNCIA
O mestre de obras, Querivelto Reis, é um dos funcionários mais antigos do setor de obras dorense. Em sua longa experiência no Dores, ele aponta que até mesmo o material usado na construção do Recanto da Amizade é de um padrão superior. "Veja só a churrasqueira, né? Não tem nenhum lugar com uma churrasqueira nesse padrão: com inox, com motor... As madeiras, são madeiras especiais", exemplifica.

O diferencial da obra, segundo o mestre de obras, é a união da ideia de criar um espaço agradável e de união entre os associados e materiais de alto padrão. Querivelto explica que o conceito dos dorenses a respeito das dependências do Clube está em um patamar cada vez mais alto. "Então, eles começam a querer um patamar melhor. Hoje, as nossas obras começam a ter um padrão já elevado por causa disso, porque o nosso associado é exigente", justifica.

CELEBRE A AMIZADE
Cada salão do Recanto da Amizade possui oito mesas com quatro lugares cada, acomodando um total de 32 pessoas. Registre seu grupo no Setor de Eventos e reserve sua data!

Clube Dores
© 2014 CLUBE DORES   |   Todos os direitos reservados
Site produzido pela Netface